zur Navigation springen

Landeszeitung

07. Dezember 2016 | 23:18 Uhr

Tolerância na mesa de jantar

vom
Aus der Redaktion der Landeszeitung

de Nazar Mohammad Onywal

 
Antes de eu vir para a Alemanha, pensei muito sobre o fato de que não vai seria fácil viver aqui. Eu pensei não ser capaz de obedecer os princípios da minha religião, o que para mim é muito importante. Eu pensei que poderia ser muito difícil distinguir quais os alimentos eu posso comer e quais não .

Eu pensei que ninguém iria me ajudar e que as pessoas talvez não respeitassen minha religião – o Islam. Uma vez aqui, tudo mudou. Nos campos de refugiados alemães todas as refeições foram preparadas Halal - sem carne de porco e de acordo com as regras da minha religião.

Por isso eu não esperava. No primeiro convite de uma família alemã, a mesma gentileza e respeito: "Você pode comer o que quiser. Todos os alimentos são do supermercado turco ", me disse meu amigo alemão. Os alemães me levam para suas casas e não só me aceitam como sou, mas também são tolerantes com minha religião. Isso é um sentimento muito bom e mostra o que esta cidade tem para oferecer, uma sociedade aberta que respeita seus semelhantes .

zur Startseite

von
erstellt am 04.Jul.2016 | 14:27 Uhr

Gefällt Ihnen dieser Beitrag? Dann teilen Sie ihn bitte in den sozialen Medien - und folgen uns auch auf Twitter und Facebook:

Themen zu diesem Artikel:

Kommentare

Leserkommentare anzeigen